Como um clube de esportes ganha dinheiro?

Postar por Beñat, 25 de February de 2022

Neste artigo vamos focar em clubes esportivos.

"Muito dinheiro se move no esporte", é uma frase que você certamente já ouviu no mundo esportivo, dita por jogadores, treinadores, dirigentes ou torcedores. Esta afirmação simboliza que o esporte há muito tempo deixou de ser considerado uma atividade para entreter, para ser um dos negócios mais lucrativos do mundo.

Mas de onde vem todo esse dinheiro? Como um clube recebe sua parte dessa receita? você encontrará as respostas para essas perguntas neste artigo. (e mais detalhadamente neste ebook com as 10 dicas para aumentar os canais de renda do seu clube)

Quais são as principais fontes de renda para os clubes esportivos?

  1. Direito televisivos: São uma das grandes fontes de renda dos clubes. O esporte é um espetáculo de mídia mundial que as redes de televisão são capazes de pagar números econômicos exorbitantes para poder transmitir competições onde os melhores clubes do mundo participam. Segundo estudo da consultoria Deloitte, eles respondem por mais de 50% do faturamento da maioria dos clubes.
  1. Bilheteria: A venda de ingressos para as partidas, os ingressos anuais da temporada dos sócios e a venda de alimentos e bebidas no estádio são uma renda constante a cada temporada (desde que não ocorra uma pandemia no meio de Covid19). Pode haver uma venda maior ou menor de ingressos, dependendo do desempenho esportivo do clube. Um melhor desempenho da equipe será acompanhado por maior apoio da torcida que se traduzirá em mais ingressos vendidos, e que permitirá ao clube a opção de aumentar o preço dos ingressos e, assim, ganhar mais dinheiro.
  1. Patrocínio: Essa fonte de renda, segundo dados da consultoria KPMG, representa entre 20% e 30% da renda dos clubes profissionais. Para as marcas de roupas esportivas, vestir um grande clube é uma grande vitrine com a qual ganham prestígio e visibilidade da mídia. E há cada vez mais empresas de telecomunicações, energia, bancos, carros e seguros que anunciam nas camisas do clube, nomeiam o estádio ou aparecem através de banners nos sites dos clubes. Aqui falamos sobre como aumentar as chances de conseguir patrocinadores.
  1. Merchandising e Gestão de Mídias Sociais: Os torcedores expressam seu compromisso com seu clube comprando produtos identificados do clube do qual são torcedores, sejam eles as roupas oficiais da temporada, lenços com o escudo, copos, mochilas ou qualquer outro produto que tenha a licença do clube. As redes sociais também significam renda econômica para os cofres do clube, já que quanto mais sólida for a marca que um clube construiu no RSSS, mais poderosa será e mais anunciantes o apoiarão. Conheça as boas e más práticas do RRSS do seu clube.
  2. Crowdfunding: é uma renda com a qual os fãs financiam financeiramente clubes amadores ou mais modestos através de plataformas de crowdfunding. Se você quiser mais informações sobre esse tipo de financiamento, você pode encontrá-lo neste artigo.

Caminhos de financiamento mais úteis para clubes modestos

Há grandes diferenças entre a renda econômica de um clube que joga a Liga dos Campeões e outro que compete na 3ª RFEF (5ª divisão do futebol espanhol), mas os dois clubes têm uma premissa clara de que sem viabilidade econômica eles não têm futuro. Antes de se aprofundar no assunto, convidamos você a consultar nosso artigo sobre como aumentar a renda do seu clube com essas 10 dicas fantásticas.

Atualmente, se um clube amador ou modesto quer ter uma boa saúde econômica, ele deve ter um departamento produtivo de comunicação e marketing que saiba "vender" bem o clube para conseguir contratos de patrocínio e, assim, aumentar a renda do clube. A chave para atrair a atenção dos patrocinadores é que o clube transmita uma boa imagem corporativa e esportiva.  Para isso, é necessário transmitir os valores e sensibilidade adequados do projeto esportivo; e que as pessoas e profissionais por trás do trabalho sejam conhecidos.

A RSSS efetiva e a gestão web são essenciais para ter visibilidade na rede, criar uma comunidade em torno do clube e, assim, construir uma marca reconhecida do clube que gradualmente receberá apoio financeiro dos patrocinadores.

Não podemos esquecer de uma forma de financiamento que vem ganhando terreno nos últimos anos e que já mencionamos: crowdfunding.  Essa atividade do torcedor consiste em apoiar financeiramente o clube de seus amores através de plataformas de crowdfunding, que também serve para criar uma comunidade e envolver outras pessoas em um projeto esportivo.

Que tipos de crowdfunding existem?

1. Recompensa crowdfunding

Esse tipo de crowdfunding é caracterizado por oferecer uma ou mais recompensas em troca de apoio financeiro. Esta recompensa geralmente é um produto ou serviço para o patrocinador pelo financiador.

2. Financiamento coletivo de doação

Esse tipo de crowdfunding é baseado em contribuições financeiras dos patrocinadores, sem qualquer consideração, ou seja, o que entendemos por uma doação. Nesta modalidade, atrai mais a grande afinidade e paixão que o torcedor sente pelo clube de toda a sua vida.

3. Financiamento coletivo de investimentos e empréstimos

Nessa modalidade, apenas as contribuições financeiras são oferecidas com retorno estipulado dentro de um determinado período, é semelhante a um empréstimo.

Que plataformas de crowdfunding esportivo existem?

Existem plataformas especializadas em campanhas de crowdfunding esportivo. Abaixo, listamos 4 plataformas de crowdfunding para o seu clube esportivo.

Apontoque

A Apontoque é uma ferramenta de auxílio ao financiamento tanto para os clubes quanto para seus atletas, organizadores de eventos e profissionais relacionados ao mundo do esporte através do crowdfunding.

Sponsor.me

Plataforma norueguesa para captação de recursos para projetos esportivos. Seu lema: "falta de dinheiro não deve superar a abundância de talento e ambição."

Lánzanos

Lánzanos é uma plataforma de crowdfunding que é aberta a todos os setores e possui uma seção específica para projetos esportivos.

Para concluir, as receitas no dia do jogo, direitos de televisão, patrocínio, merchandising e crowdfunding são todas as maneiras diferentes em que um clube esportivo pode ganhar dinheiro se seu executivo, seu departamento econômico e de comunicação são produtivos e eficazes quando se trata de apostar nas fontes mais favoráveis de financiamento para o sucesso de seu projeto esportivo.

Recomendo que leia nosso ebook sobre os 10 truques para aumentar a renda do seu clube para poder ter novas ideias.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Dejar comentario